Entrevista Kid Mac Interview









Macario De Souza is a 28-year-old filmmaker and musician (a.k.a Kid Mac). Born in Sydney, Australia, he gained an interest in film at age 14 when he borrowed a Hi-8 camera from his sister. Two years later he bought his own mini-DV camera and started filming his mates surfing at Maroubra Beach.

After graduating in 2001 from South Sydney High School, where he was school captain, he completed his Bachelor of Fine Arts Degree (2004), majoring in time-based art, at the University of New South Wales’ College of Fine Arts.

Mac’s first feature-length film, Bra Boys, is the highest grossing documentary in Australian history.The film was edited in a bedroom of his modest family unit near Maroubra Beach, the home of the Bra Boys, and managed to win multiple award including Best Documentary (X-Dance Film Festival & Film Ink Awards) His other credits in the film include Co-Director, Cinematographer as well as performing several tracks for the film’s soundtrack.

Mac’s latest feature project was Fighting Fear, a feature-length documentary following fellow Bra Boys Mark Mathews (Professional Big Wave Surfer) and Richie ‘Vas’ Vaculik (Professional MMA Fighter and Big Wave Surfer). Fighting Fear is Mac’s 2nd theatrical release with an Australian cinema release in November 2011. It was one of the best performing documentaries in Australia for 2011.

2012 sees Mac’s release of his debut LP album as Kid Mac in May with several other TV and film projects in the pipeline.

M&S: How is to can represent Bra Boys with your Music?
Kid Mac: My earlier music was derived a lot from where I grew up and being a Bra Boy etc. But I try and not be so specific anymore and make it more about themes and morals that everyone can relate to. I am very proud of where I come from and I get satisfaction out of fans who are inspired by my music.

M&S: What you have to say about your debut album?
Kid Mac: My debut album is scheduled for a release in March 2012. The title is "No Man’s Land". It is going to be a mix of indie rock / electro and hip hop. It's been 3 years in the making and I am very proud of it.

M&S: What the relation you see between your new movie “Fighting Fear” and your movie Bra Boys?
Kid Mac: It is  my second film and includes two Bra Boys and another story born in Maroubra. But this new film is all about two friends - Mark Mathews and Richie Vaculik and their ups and downs in life of becoming men.

M&S: "Fighting Fear" will be in cinemas of Brasil? 
Kid Mac: We are hoping to release the film in Brazil. I think Brazilians will relate to the film a lot with the themes of friendship, redemption chasing your dreams and also because of the big wave surfing and Mixed Martial Arts. 

M&S: It's true that you go back to Brazil to be a soccer player? Do you have a soccer brazilian team? 
Kid Mac: When I was 16, I went to Belo Horizonte to train with Atletico Mineiro juvenile squad for a couple of weeks. My Dad goes for Cruzeiro but because I was there training with the team, I am attached to Galo! 

M&S: How you starting to make music?
Kid Mac: I started playing the guitar in high school and it went on from there. Experimented with a lot different sounds and types of music and over the years developed my own sound. I learn how to produce music in University. 

M&S: What's your favorite surfer? And your favorite brazilian surfer? 
Kid Mac: I really enjoy watching Joel Parkinson surf, he has a smooth style. Mick Fanning is also one of my favorites as it Taj and I can never get sick of watching Kelly Slater compete. Owen Wright is also very exciting to watch. My all time favorite surfers would be the Irons Brothers. I love what they are all about. RIP A.I.! As for Brazilians, Gabriel Medina is great to watch. He seems like a very humble guy as well! 

M&S: What inspired the music video for "Nobody Sleep Nobody Get Hurt"?Kid Mac: We shot the Ours Night surfing scene for the movie Fighting Fear and I wanted to incorporate that into the music video so my idea was to add this zombie theme for a bit of fun and get Mark Richie and I acting a little scene out. It’s the idea of three best mates hustling in their careers (hence nobody sleep). The boys surf all night till the sun comes up and I do my thing with my music. 

M&S: Do you have some favorite brazilian music? 
Kid Mac: I was lucky enough to tour with Marcelo D2 in Australia. I love his music. Very chilled. I also grew up listening to Roberto Carlos because my mum loved his music! I love samba in general and am looking forward to the Carnaval next year in Brazil! 

M&S: What you think about localism? You see some difference about aussie localism and hawaiian localism? 
Kid Mac: Localism is looking after your home and your own people. Some people take it out of proportion and go too far, and some people don’t enforce it enough. I think it’s important to find the right balance. Be respectful with every place you visit and vice versa. Hawaii is different, they have to be pretty solid their because the waves aren't for everyone. If your stupid out in the water, you can not only hurt yourself, but others. So they really do need to look out for everyones interest over there because the locals know best.







Macario De Souza é um cineasta e músico de 28 anos de idade e músico ( Kid Mac é seu nome musical). Nascido em Sydney, na Austrália, ele começou a se interessar pelo cinema aos 14 anos, quando ele pegou emprestada uma câmera Hi-8 a de sua irmã. Dois anos mais tarde, ele comprou sua própria câmera mini-DV e começou a filmar seus companheiros de surf na praia de Maroubra.

Depois de se formar em 2001 na South Sydney High School, onde era capitão da escola, ele completou o seu Bacharelato em Belas Artes (2004), Graduado ele foi se especializar em arte, na Universidade de New College South Wales 'de Belas Artes.

O primeiro longa-metragem de Mac, Bra Boys, é a maior bilheteria no cinema documentário na Austrália. Tendo sido editado em um quarto de uma modesta casa de sua família perto de Maroubra Beach, a casa dos Bra Boys, O filme conseguiu ganhar vários prêmios, incluindo Melhor documentário (Prêmios X Dance-Festival de Cinema e Filme de tinta) Seus outros créditos no cinema o incluem como Co-Diretor, Diretor de Fotografia, bem como executar várias faixas para a trilha sonora do filme.

O mais recente filme apresentado por Mac é Fighting Fear, que apresenta um documentário, longa-metragem acompanhando os Bra Boys Mark Mathews (Surfista profissional de ondas gigantes) e Richie  'Vas' Vaculik Richie (Lutador profissional de MMA e surfista de ondas gigantes). Fighting Fear é o 2º longa-metragem de Mac com um lançamento no cinema Australiano, em novembro de 2011. Foi um dos melhores documentários longa metragem na Austrália em 2011.

2012 aguarda pelo lançamento do álbum de estréia de Mac como Kid Mac em maio e por vários outros projetos de TV e cinema no pipeline.

M&S: Como é poder representar os Bra Boys através da sua música?
Kid Mac: Minha música tem muita influência do lugar onde eu cresci e de eu ser um Bra Boy. Mas eu tento não me concentrar apenas nisso, tratando também de outros temas que dizem respeito a vida. Eu tenho muito orgulho do lugar de onde vim e fico muito feliz pelos fãs que são inspirados pela minha música.


M&S: O que você tem a dizer sobre o seu álbum de estréia?
Kid Mac: Meu álbum de estréia está previsto para ser lançado em Março de 2012. O título é "No Mans Land". Este álbum é uma mistura de indie rock e electro e Hip Hop. É resultado de três anos de trabalho e eu estou muito orgulhoso dele.

M&S: Que a relação você vê seu novo filme “Fighting Fear” e seu primeiro filme Bra Boys?
Kid Mac: Fighting Fear não é um Bra Boys 2. Mas o meu segundo filme. Mas traz dois Bra Boys e uma história também nascida em Maroubra, assim como em Bra Boys. Mas este novo filme é sobre dois amigos - Mark Mathews e Richie Vaculik e sobre os seus altos e baixos na vida ao crescerem juntos.

M&S: Fighting Fear terá exibição no Brasil?
Kid Mac: Estamos esperando o lançamento do filme no Brasil. Eu acho que os brasileiros podem se identificar com o filme muito pelos temas que aparecem como a amizade e a redenção desses dois caras que perseguem seus sonhos. Mas acho também que os brasileiros podem curtir as grandes ondas surfadas e o MMA.

M&S: É verdade que você queria ser jogador de futebol e chegou a treinar no Brasil?  Você tem algum time de futebol no Brasil?
Kid Mac: Sim. Quando eu tinha 16 anos, eu fui para Belo Horizonte para treinar com o time juvenil do Atlético Mineiro por algumas semanas. Meu pai torce para o Cruzeiro, mas por  ter me juntado a equipe do Atlético mineiro, eu sou é Galo!

M&S: Como você começou a fazer música?
Kid Mac: Eu comecei a tocar guitarra na escola e o meu interesse partiu daí. Experimentei diversos sons, muitos tipos de música e ao longo dos anos desenvolvi meu próprio som. Aprendi a produzir música na universidade fazendo Fine Arts (Belas Artes).

M&S: Quais surfistas você adimira? E você tem algum surfista brasileiro favorito?
Kid Mac: Eu realmente gosto de assistir Joel Parkinson surfar, ele tem um estilo tão suave. Mick Fanning também é um dos meus favoritos, assim como Taj Burrow e eu não canso de assistir Kelly Slater competir. Owen Wright é um surfista muito bom também. Mas meus favoritos mesmo são os irmãos Irons. Eu amo tudo que eles representam. RIP A.I. Sobre os brasileiros, Gabriel Medina é ótimo. E ele parece ser um cara muito humilde também.

M&S: O que inspirou o vídeo de sua nova música "Nobody Sleep Nobody Get Hurt" ?
Kid Mac: Filmamos cenas de noite num pico chamado Ours para o filme “Fighting Fear” e eu queria algumas cenas do filme nessa nova canção. Minha ideia foi adicionar a história dos zumbis para tornar divertido e mostrar Mark Mathews, Richie Vas e eu atuando nisso. A ideia de três melhores amigos empenhando-se intensamente em suas carreiras. Por isso a ideia do surfe a noite toda até o sol aparecer, do mesmo modo que eu faço minhas coisas com a música.

M&S: Que músicos ou bandas brasileiras você curte?
Kid Mac: Eu tive muita sorte em fazer uma turnê com Marcelo D2 na Austrália. Eu amo sua música. Muito boa. E eu também cresci ouvindo Roberto Carlos, porque minha mãe adorava a sua música! Eu amo samba, em geral, e estou ansioso para o Carnaval do próximo ano no Brasil!

M&S: O que você pensa sobre o localismo? Que diferença você vê entre o localismo australiano e localismo havaiano?
Kid Mac: O localismo está apenas cuidando de sua casa e o seu próprio povo. Algumas pessoas levam para fora de proporção e vão longe demais. Eu acho que é importante encontrar o equilíbrio certo. Seja respeitoso com cada lugar que você visita e vice-versa. No Hawaii é diferente, eles têm que ser bastante sólidos porque suas as ondas não são para todos. Se alguém for estúpido na água, pode se machucar e machucar os outros. Então, eles realmente precisam olhar o localismo de uma forma que isto é do interesse de todos, já que os locais conhecem bem melhor as ondas de lá.


kidmacmusic.com