Gabriel o Pensador "Surfista Solitário"

Surfista Solitário", música nova do Gabriel o Pensador com participação de Jorge Ben Jor.






Confira o que Gabriel o Pensador fala sobre essa nova música:

"Cada vez mais sufocado de trabalho, precisava tirar um tempo pra refletir sobre minha falta de tempo. Falta de tempo pros assuntos de música, pra agenda de palestras com meus livros, pros pepinos e abacaxis da formação de atletas no futebol, e falta de tempo (de qualidade de tempo) até mesmo pra curtir melhor meu papel de pai, divorciado, de dois filhos maravilhosos.

Precisava viajar pra longe do meu mundinho caótico pra olhar minha vida em paz, enxergar melhor as coisas, pra ficar perto de mim.

E respirar.

Quem pega onda sabe o poder que o surf tem de nos trazer equilíbrio, exercitando virtudes como a perseverança, a humildade, a coragem e a paciência.

Eu estava afastado do surf nesses últimos anos, tirando algumas idas à Noronha, que foram ótimas mas não me fizeram voltar a surfar no dia-a-dia no Rio (e na estrada).

Falando em estrada, foi graças a mais um show em Portugal, mais precisamente na Ericeira, bem onde se realiza a etapa lusitana do WCT, que eu tive a ideia de “esticar” até a Indonésia, pois partindo da Europa já estaria mais perto. Pesquisei entre meus amigos surfistas e o big rider Luis Roberto Formiga me avisou desse grupo que iria numa data que eu podia, com algum esforço, conseguir liberar. Dei um jeito, sem prancha, sem preparo, sem tempo (que novidade) pra surfar antes de ir, mas resolvi encarar, pois só assim eu me obrigaria a pegar onda e a tirar esse tempo pra mim, num lugar mágico que eu já conhecia mas para o qual queria muito voltar: as Ilhas Mentawai.

Levei uma pranchinha velha pra Portugal, pra surfar nos dois dias livres que tive, nos Coxos, e pedi pro meu shaper Victor Vasconcelos fazer umas novas que um dos outros integrantes do barco me entregou já na Indonésia. Brinquedinho novo, brincadeira antiga. Virei criança, me desestressei, fiz novas amizades, matei a saudade do céu que parece pintura, das árvores secas, das tempestades no horizonte, senti outra vez a adrenalina de surfar sobre o coral e a alegria de surfar em águas limpas (o que absurdamente é o oposto da nossa realidade no Rio e em outras grandes cidades do Brasil).
Esses dias todos fiquei com minha música nova na cabeça, parceria com o Jorge Ben Jor, que é o single do meu novo CD, e ela descreve bem a importância do surf pra mim e transmite tudo o que eu senti durante a trip.

Na verdade ela transmite uma essência que não depende de uma viagem até o outro lado do mundo, mas que vem à tona em cada momento em que me sinto conectado com o meu eu-surfista, que às vezes fica em segundo plano por causa de tantas outras coisas que eu já citei. Momentos como uma noite de surf no Arpoador junto com o Derek Rabelo, o surfista cego, que conheci recentemente e me inspirou bastante, ou quando surfei “virado” depois de um show que fiz de madrugada em Regência (ES), com o ombro machucado, mas não resisti ao ver o mar amanhecer clássico e pedi uma prancha emprestada pra um cara, um short pra um outro e uma cordinha pra um terceiro e fiz o que o Ben Jor manda fazer na nossa letra: Fui pro mar!"