Entrevista com Dedeco do dibob


M&S: Como foi ver a repercusão da parceria que resultou na música "Rio Porque tô no Rio? Você pensa em novas músicas com eles?
Dedeco: Muito iradoooo! Mais maneiro ainda porque foi muito espontâneo, chegamos na 'casinha' (como carinhosamente chamamos os estúdios do forfun e do scracho na vila em botafogo) pra jobiniar (levar um som) e quando vi a música já tava pronta!!! Espero q saia mais musicas iradas e sempre assim despretensiosamente pois acredito serem mais espirituosas e cativantes!!!


M&S: Os Dibobs estavam com um projeto para celebrar os 10 anos de banda mas acabou não rolando. Os fãs querem saber se vocês estão voltando... Estão?
Dedeco: Se eu te despretensiosamente quantas vezes temos que responder essa pergunta vc nao acreditaria... O fato é que no momento ainda está muito difícil de conciliarmos o tempo de todos para assumirmos um compromisso com a banda. Gostaria muito de falar pra geral que sim mas por enquanto, infelizmente, não temos nada de concreto!!!

M&S: Várias integrantes do Dibob têm colaborado com MC Fox e McMãe. Como é representar o Rio com a Prexeca Family?
Dedeco: Eles são nossos amigos ha muito tempo portanto sempre q rola de tocar junto parece q a gnt volta a época de quando éramos moleques e só falávamos m... rindo e zuando muito, muito ingênuo e sincero, ou seja, bom demais.

M&S: Como foi abrir para o Mat Mchugh do The Beautiful Girls? E fale-nos um pouco sobre o projeto Nokudele'i, algum material desse projeto que vocês podem lançar?
Dedeco: Foi bem bacana, na realidade eu conhecia pouco do trabalho dele mas pelo que pude ouvir é maneiro, do Surf. O Nokudele'i é uma brincadeira q fazemos pra tocar músicas que gostamos da banda havaiana Ka'au Crater Boys. Temos o costume de fazer uma festa anual e sempre rola legal, nossos amigos ficam amarradões!!!


M&S: O Dibob estorou e tocou em todo o Brasil e em programas de televisão. Vocês pensam em continuar com a banda seguindo uma linha mas independente com o apoio dos fãs pela internet?
Dedeco: Pelo que podemos ver hoje em dia, a internet é o instrumento principal para divulgação e comunicação das bandas com as pessoas por isso mesmo acredito que ela seja crucial não só para o Dibob mas pra todos q querem divulgar seu material.

M&S: Qual a sua opinião sobre a confusão entre guarda-municipais e banhistas jogando altinha em Ipanema recentemente? O que você pensa sobre o choque de ordem nas praias cariocas?
Dedeco: Deve haver respeito mútuo entre os banhistas q querem jogar o altinho na beira da praia e os guardas municipais que estão ali para manter a ordem. Realmente as praias estão muito cheias e as leis são formadas a partir de uma necessidade de criar ali um ambiente onde todos tenham direito de aproveitar e relaxar. Eu como profissional do altinho gostaria q ninguém se incomodasse em desviar da rodinha mas... uhahuahua


M&S: Que bandas e artistas você tem escutado ultimamente?
Dedeco: To muito rastafari, só quero saber de reggae. 

M&S: O que você achou do título conquistado pelo Parko?
Dedeco: Achei muito irado, o Joel surfa muito e já almejava esse título há muito tempo. Achei mais do que merecido mesmo ele tendo sido campeão sem ter conquistado nenhuma etapa*. Acho que o careca (Kelly) nunca se arrependeu tanto de não ter vindo para a etapa do Rio... 

*quando ele se sagrou campeão do circuito, o Pipe Masters, única etapa q levou, não tinha acabado ainda.

Valeuuu